quinta-feira, novembro 17, 2005

Sugestão 04

Não ponho datas nos poemas
Não quero fechá-los num dia
Num local específico
Numa certa ocasião.
Guardo-os com a mesma lógica com que os escrevi:
Nenhuma.
Nenhum poema é passado
Porque presente
Nenhum poema é futuro
Porque o sinto já dentro
E se não é já presente
É por pura preguiça e falta de tempo
Escrito num hoje sem amanhãs.
Não saberia sequer datar os poemas.
Escreverei do passado no futuro
Escreverei do futuro no presente.
Ficam portanto assim:
Poemas sem tempo.
E o ultimo que escrever será como o primeiro
Palavras sem data
Arrumadas sem lógica
Futuro passado
Presente amanhã.
.
.
A peosia de Encandescente, um livro que poderá ser adquirido aqui ou, em alternativa, nas livrarias a partir do final de Novembro. Parabéns Encandescente.

4 comentários:

Poesia Portuguesa disse...

Acompanhei "aqui" e "ali" a Poesia da Encandescente e, rendi-me ao seu encanto!
De tal forma que o livro está ali em cima da minha mesa de cabeceira e todas as noites, leio um poema dele...

A imagem está sensacional...

Um abraço e grata por esta partilha

Gaspar VS disse...

Pareces influênciado pelo dadaísmo. É uma boa tendência, a meu ver, na arte.

A fotografia, se não transformada, opondo-se à pitura, é a captação de uma prespectiva de um momento. E os momentos têm um tempo e espaço específico, aliás, único, que a pintura aborda de outra forma, e cuja tendência realista muito angústia sente à usurpação da fotografia. Daí que a pintura se preocupe actualmente ocm aquilo que a fotografia não pode fazer - imaginar.

Desorganizar as fotografia aproxima-se disso.

Abraço.

Francis disse...

Poesia " DELA ".

Francis disse...

Muito boas as fotos.

  • Todas as fotografias expostas têm a permissão dos respectivos autores.
  • Exceptuam-se apenas as fotos da Secção Biografias.
  • O Blografias agradece a todos os autores que participam neste espaço de divulgação de fotografia
  • Optimizado para o IE 7.0 com resoluções de 1280 por 768 ou superiores

    Espaço criado e gerido por Francisco Máximo

    Blografias com luz - 2005-2012